sexta-feira, 16 de outubro de 2015

A qualidade do que comemos não determina só a nossa saúde física, mas também a mental

  Uma alimentação rica em gordura, açúcar e comidas processadas aumenta os níveis de ansiedade e de depressão. Estes alimentos só melhoram temporariamente o humor mas depois criam um ciclo de "auto-medicação" com comida pouco nutritiva. O Huffington Post convidou Marlynn Wei, psiquiatra licenciada por Harvard e professora certificada de ioga, para fazer uma lista de alimentos que ajudam a combater a depressão e a melhorar a actividade cerebral.

1. Verduras
A couve e a couve-chinesa (bok choy) contêm ácido fólico, cálcio, magnésio, e vitamina K. O ácido fólico tem sido usado como um suplemento para melhorar a depressão. As verduras possuem também compostos que ajudam o fígado a processar melhor as toxinas. A especialista sugere uma receita para um smoothie verde: uma chávena de couve, meia chávena de espinafres baby, uma banana congelada, um quarto de chávena de mirtilos, uma chávenas de leite de soja ou de amêndoa, um quarto de colher de chá de mel (opcional), e uma colher de chá rasa de manteiga de amêndoa (opcional).


2. Mexilhões e ostras
As ostras e o marisco têm altos níveis de vitamina B12, que é muito importante para os neurotransmissores no cérebro e nos nervos, e cuja ausência podem causar depressão e ansiedade. Encontra-se sobretudo na carne, nos lacticínios e nos ovos. E em suplementos.




3. Peixe e óleo de peixeHá estudos que indicam que o consume elevado de peixe reduz a depressão. Talvez isto se deva ao facto de o peixe ser uma boa fonte de ácidos gordos ómega-3. No caso do consumo de suplementos anti-depressão, os estudos aconselham a ingestão de 1 a 2 gramas diários, de mais ácido eicosapentaenóico (EPA) do que ácido docosahexaenóico (DHA). As grávidas devem ter cuidado com o peixe que comem, para evitar envenenamento por mercúrio (a evitar tubarão, peixe-espada e cavala).


4. Nozes, amêndoas, avelãs
Os frutos secos são uma boa fonte de vitamina E. Um estudo descobriu que a dieta Mediterrânica, com um suplemento de 30 gramas diários de mistura de frutos secos, diminui a depressão.




5. Mirtilos e outras bagas
As bagas, especialmente os mirtilos, protegem o cérebro. Num estudo, ingerir duas porções de mirtilos por semana foi relacionado com uma diminuição do risco de Alzheimer em 35 por cento.





6. Lentilhas, grão-de-bico e feijões
Estes legumes contêm elevados níveis de ácido fólico e de zinco, que são usados, como suplemento, no tratamento da depressão. Para os vegetarianos é importante a ingestão de zinco, já que a absorção deste é reduzida em 50% pelos fitatos que se encontram nas plantas.



7. Chocolate negro e cacau cru
O chocolate negro e o cacau cru (pó dos grãos de cacau antes de serem torrados) contêm polifenóis, um tipo de antioxidante que se encontra nas plantas e que acalma e provoca felicidade. Marlynn Wei sugere uma receita de um smoothie substituto de sobremesa: uma banana congelada, duas colheres de sopa de pó de cacau cru, seis a oito tâmaras, 3 chávenas de água (ou leite de soja ou de amêndoa), e colher de chá de alga Dulse, meia colher de chá de curcuma em pó (opcional).


8. Semente de abóbora
Um quarto de chávena de sementes de abóbora contém quase metade da dose diária recomendada de magnésio, um mineral essencial mineral contra a depressão e a ansiedade. As sementes de abóbora também contêm zinco, ácidos gordos ómega-3 à base de plantas, e triptofano, que ajuda a dormir.



9. Alimentos fermentados e probióticos
Está a ser estudada a ligação entre as bactérias digestivas e o nosso humor. Os alimentos fermentados, como o kimchi coreano (na foto) e o chucrute contêm probióticos, o que se julga que reduz a ansiedade social. Os ratos que consomem probióticos comportam-se como se estivessem a tomar Prozac. Os suplementos de pó probiótico têm demonstrado reduzir os pensamentos negativos durante fases de mau humor.


10. Curcuma
O ingrediente activo na curcuma é a curcumina, um composto anti-inflamatório que se acredita que torna os antidepressivos mais eficazes. Pode ser adicionada ao chá ou aos pratos diários como o chili e os molhos de massa.

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Benefícios do Cacau para a saúde!

Já ouviram aquele ditado que tudo que é proibido é mais gostoso? O que dizer então do Chocolate!
Pesquisando sobre o CACAU, encontrei vários pontos positivos para compartilhar com vocês que envolve saúde, nutrição e lógico para estar bem consumindo esta maravilha.
Olha só, o cacau pode proteger contra doenças cardíacas e acidente vascular no cérebro, pode reduzir o risco de câncer de cólon, devido a várias artigos que li na internet.
E o mais incrível de tudo: contém gorduras saudáveis. Dessa vocês sabiam? Além de tudo isso, dá uma ajudada na hora de controlar o nosso humor, que não é nada fácil para as mulheres


, a TPM que o diga! Quero trazer muitas dicas, receitas e tudo que puder ajudar a vocês e ensinar a comer cacau da forma certa, sem que pese na nossa balança no final. Certo? Por hora, quero dividir com vocês algumas dicas que pesquisei! Olha em que o cacau pode nos ajudar:
1: Protege contra doenças cardíacas e acidente vascular cerebral: Segundo pesquisas, o cacau contém muitos flavonóides e eles são responsáveis por dilatar os vasos sanguíneos, o que reduzem os riscos de ataques cardíacos e derrames.
2: Reduz o risco de câncer de cólon: Já outros estudos indicam que os polifenóis do cacau do chocolate escuro reduzem o risco de câncer colorretal.
3: Contêm gorduras saudáveis: E mais: vocês sabiam que o chocolate com alto teor de cacau contêm ácido oleico abundante (também conhecido como ômega-9), o tipo de ácido graxo encontrado também no óleo de oliva. Isso ajuda a prevenir doenças do coração e promover a atividade antioxidante.
4: Essa, eu acho que foi a dica que mais gostei: melhora o humor. O chocolate em si é um anti-depressivo natural. Isso porque ele estimula a produção de serotonina e endorfina e nos dá uma maravilhosa sensação de prazer.
5: E essa achei muito interessante, pois o cacau é rico em vitaminas e minerais: Vitaminas e minerais que são encontrados no chocolate de alto teor de cacau são: Potássio, Cobre (eles ajudam a prevenir contra doença cardiovasculares e acidente vascular cerebral), Magnésio (previne a diabetes tipo 2, pressão alta e doenças cardíacas) e Ferro (que protege contra a anemia por deficiência de ferro). Já conhecia um pouco sobre o cacau, mas gostei ainda mais das coisas que descobri nas pesquisas, principalmente, porque pode ser um forte aliado na nossa alimentação saudável.
Porém, antes de se aventurar nessa delícia, é importante observar tabela nutricional do produto, pois o chocolate que faz bem é o que tem maior teor de cacau e baixo teor de açúcar. Também é bom verificar se o fabricante não adicionou gordura trans ou outros compostos que fazem mau ao nosso organismo.

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Os três melhores suplementos para ajudar na perca de peso

Pílulas e suplementos emagrecedores não promovem milagres: se você continua com hábitos alimentares ruins, apenas gastará rios de dinheiro e não conseguirá resultados visíveis. Porém, quando exercícios físicos e alimentação saudável são combinados, os resultados podem chegar muito mais rápido com o uso de emagrecedores.

Confira quais são os melhores suplementos para queima de gordura:

1 – Extrato de chá verde
O extrato de chá verde aumenta a oxidação de gorduras, contendo uma substância chamada catequina que ajuda a acelerar o metabolismo. Apesar dos benefícios citados, é bom lembrar que o chá verde não é milagroso: o extrato fará diferença se usado à longo prazo e com consistência.
2 – Cafeína
A cafeína é o ingrediente mais potente da maioria dos termogênicos eficientes atualmente no mercado, pois gera energia, melhora o foco e oxidação de gordura. Algumas pessoas ainda dizem sentir menor fome ao suplementar cafeína.
Entretanto, pessoas sensíveis podem passar por efeitos colaterais como insônia, agitação e taquicardia. Para começar a utilizar a cafeína, experimente doses pequenas para evitar um possível mal estar.
3 – Picolinato de Cromo
O cromo é essencial para o estímulo da atividade das enzimas, que transformam glicose em energia. É importante também para a produção de insulina, influenciando no ganho de massa magra e eliminação de gordura.

O picolinato de cromo faz com que os carboidratos em sua maioria sejam utilizados como energia ao invés de virarem gordura.

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Nutrição Esportiva - Como surgiu a Suplementação

Nutrição Esportiva

A suplementação tem origem a mais de 700 anos antes de Cristo, mais foi aprimorada principalmente na Grécia. É importante conhecer sua história para entender como ela funciona e como pode nos beneficiar e auxiliar a ter uma vida mais saudável e a alcançarmos nosso equilíbrio e bem estar físico.

A História da Suplementação

A nutrição aplicada ao exercício e ao esporte originou-se antes da idade áurea da Grécia. O esforço físico versus alimentação adequada e a saúde faziam parte das preocupações de Sumérios, Egípcios, Chineses, Persas, Indianos, entre outras civilizações.




Galeno (129-201 DC) marcou a história sendo um dos primeiros a definir práticas de saúde, higiene e alimentação em "as leis da saúde: repirar ar fresco, ingerir alimentos apropriados, beber bebidas corretas, exercitar-se, dormir por períodos de tempo suficientes, evacuar uma vez ao dia e controlar as emoções". Produziu inúmeros trabalhos sobre anatomia, fisiologia, nutrição, crescimentos e desenvolvimento, a importância do exercício e sobre as consequências prejudiciais de uma vida sedentária.


Cláudio Galeno
(Cláudio Galeno e um de seus ensaios)


Durante as Primeiras Olimpíadas que ocorreram entre 776 AC e 393 DC, os pedótribas (treinadores ou técnicos particulares) também aconselhavam os atletas sobre a alimentação e exercício. Muitos recomendavam uma alimentação rica em carne, como a dieta consumida por Milon de Crótona cinco vezes campeão Olímpico de luta livre (532-516 AC), supostamente composta diariamente por 9 kg de carne e 9 kg de pão, ou o equivalente a 56.786 Kcal.
Enquanto os pedótribas ensinavam habilidades gerais aos jovens atletas os ginastas (treinadores especializados) instruíam os atletas de elite. Os ginastas eram versados em medicina prática. Os atletas adotavam esquemas rígidos de exercícios, repouso, massagem, banhos e dietas nos meses que antecediam as Olimpíadas e os pedótribas recomendavam grandes quantidades de alimentos. Essa mudança na alimentação dos atletas levou a crença, que persiste até hoje, de que dietas hiperproteicas seriam necessárias para melhorar o desempenho e aumentar o ganho de massa muscular.

Atualmente a Nutrição Esportiva engloba conhecimentos de fisiologia, fisiologia do exercício e nutrição, além de dados bioquímicos e médicos.

quinta-feira, 21 de maio de 2015

terça-feira, 28 de abril de 2015

Dieta da linhaça: Aliada fantástica na perca de peso!

Aliada fantástica


Juliana Paes, Christine Fernandes, Paola Oliveira e Paula Burlamaqui estão na lista das celebridades que viraram fã da linhaça. As estrelas globais atribuíram parte das curvas impecáveis a sucos e shakes feitos com a semente. A partir daí, ela foi só ganhando espaço no cardápio das mulheres preocupadas em perder peso. Como se fosse pouco, novos estudos confirmaram seu poder de eliminar as gordurinhas. A notícia se espalhou rapidamente e transformou esse alimento em sucesso absoluto.
O que faz da linhaça uma aliada infalível contra a balança? Especialmente a concentração de fibras, ácido graxo ômega 3, proteína e lignanas (fitoquímicos capazes de modular os hormônios femininos). Dos quatro, as fibras são as que mais trabalham a favor da dieta. "São substâncias que dão saciedade e estimulam o intestino preguiçoso", diz a nutricionista Ana Luísa Kremer Faller, doutoranda da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). 
Uma pesquisa da universidade mostrou ainda que as fibras (presentes na casca da semente) controlam os níveis de açúcar no sangue e, com isso, amansam a fome. Nesse estudo, mulheres obesas passaram a consumir uma mistura de iogurte com quatro colheres de sopa de linhaça no café da manhã. Elas sentiram menos vontade de comer ao longo do dia, economizando no total de calorias diárias. Você é capaz de devorar um pacote de biscoito no meio da tarde? Inclua a semente também no lanche. 

Secagem rápida

O ômega 3 também ajuda a reduzir o apetite. Porém, sua principal

contribuição é combater a inflamação nas células, deixando o organismo menos propenso a acumular gordura. Já as lignanas dão uma segurada nos hormônios que, na TPM, aumentam a fissura por doce. Mas é importante saber: não adianta lembrar da linhaça uma vez ou outra. Você tem que se comprometer a consumi-la todos os dias no café da manhã, misturada a iogurte, sucos, frutas ou, ainda, polvilhada nas saladas ou no arroz. Outra opção é seguir o cardápio elaborado pela nutricionista Ana Luísa. Ele combina a semente com refeições equilibradas e leves.

Fórmula certa para secar as gordurinhas

Combine três colheres de linhaça por dia com uma dieta equilibrada e de baixas calorias (esta tem 1200):
CARDÁPIO LEVE + LINHAÇA

CAFÉ DA MANHÃ

Opção 1
½ papaia
1 pote de iogurte de fruta light
1 col. (sopa) de linhaça triturada

Opção 2
Suco de 1 laranja batido com 1 col. (sopa) de linhaça triturada
1 fatia de pão integral com linhaça
1 fatia média de queijo branco light
1 xíc. (chá) de café com leite desnatado

Opção 3
Vitamina: 1 banana batida com 1 copo (220 ml) de leite de soja, 2 castanhas-do-pará e 1 col. (sopa) de linhaça triturada

Opção 4
1 pão árabe pequeno
1 col. (sopa) de requeijão light (ou creme de ricota)
1 copo (240 ml) de suco de maracujá batido com hortelã e 1 col. (sopa) de linhaça triturada

Opção 5
1 fruta (abacaxi, melão, morango, pera, maçã)
1 xíc. (chá) de leite desnatado (ou iogurte desnatado)
½ xíc. (chá) de granola light
1 col. (sopa) de linhaça triturada

LANCHE DA MANHÃ

Opção 1
1 taça de gelatina diet

Opção 2
8 amêndoas

Opção 3
2 bananas passas

Opção 4
1 copo (240 ml) de suco de fruta light (natural ou de caixinha)

Opção 5
1 barrinha de cereais integrais light

ALMOÇO

Opção 1
1 prato (sobremesa) de salada de folhas verdes (alface, agrião, rúcula) e 2 col. (sopa) de cenoura ralada e 1 col. (sobremesa) de linhaça triturada
2 col. (sopa) de arroz integral
1 concha de feijão
1 filé de frango grelhado com molho de iogurte (ou rodelas de cebola)

Opção 2
1 prato (sobremesa) de salada de folhas verdes
1 prato (raso) de espaguete integral com molho de tomate, brócolis cozidos e tirinhas de filé mignon (ou frango)

Opção 3
1 prato (sobremesa) de salada de folhas, pepino e 1 col. (sobremesa) de linhaça triturada
2 col. (sopa) de arroz integral
½ concha de lentilha
3 col. (sopa) de carne magra moída e refogada com cebola e tomate

Opção 4
1 prato (sobremesa) de salada de folhas verdes, tomate e palmito
1 batata média cozida com 1 fio de azeite
1 filé de peixe grelhado (assado ou cozido)
2 col. (sopa) de couve refogada

Opção 5
1 prato (sobremesa) de salada de folhas verdes e rodelas de tomate
2 col. (sopa) de arroz integral
1 concha de feijão (branco, carioca ou preto)
4 almôndegas de carne ao sugo (ou 1 hambúrguer de soja grelhado)
2 col. (sopa) de abobrinha refogada

LANCHE DA TARDE

Opção 1
1 pera
2 cookies integrais médios

Opção 2
1 taça de salada de fruta
1 col. (sopa) de linhaça triturada

Opção 3
2 torradas integrais
1 col. (sopa) de cottage (ou creme de ricota)
1 col. (sopa) de geleia diet

Opção 4
1 pote de iogurte de fruta light
1 col. (sopa) de linhaça triturada

Opção 5
1 copo (240 ml) de suco de mamão e laranja batido com 1 col. (sopa) de linhaça triturada

JANTAR

Opção 1
1 prato (sobremesa) de salada de folhas verdes
Omelete: 2 claras, 1 gema, tomate, cebola, salsa picada, 1 pitada de sal e 1 col. (sopa) de linhaça triturada
1 fatia de pão integral

Opção 2
4 col. (sopa) de arroz de forno: arroz integral com ervilha, tomate, cenoura, brócolis cozidos e frango desfiado polvilhado com 1 col. (sobremesa) de linhaça triturada

Opção 3
Sanduíche: 1 pão árabe médio com 3 col. (sopa) de queijo cottage, 1 col. (sopa) de beterraba ralada, 2 col. (sopa) de cenoura ralada, folhas verdes, 1 pitada de sal, 1 fio de azeite e 1 col. (sopa) de linhaça triturada

Opção 4
1 prato (sobremesa) de salada de folhas verdes e tomate
1 batata grande assada (ou cozida) recheada com ricota amassada com requeijão light, salsa, cubos de peito de peru e 1 col. (sopa) de linhaça triturada

Opção 5
2 col. (sopa) de arroz integral com champignon
1 filé médio (100 g) de frango grelhado
2 col. (sopa) de legume cozido (vagem, abobrinha, berinjela)

CEIA

Opção 1
1 barrinha de cereais light

Opção 2
1 porção de fruta (1/2 manga picada ou 1 rodela de abacaxi ou 1 fatia de melão, 10 uvas)

Opção 3
1 copo (240 ml) de suco à base de soja light

Opção 4
4 damascos secos

Opção 5
1 taça de gelatina batida com iogurte desnatado

Tudo sobre a linhaça

Especialistas respondem as principais dúvidas sobre a semente:
Quanto preciso consumir de linhaça para emagrecer? 
Não existe estudos determinando uma medida exata. Mas os especialistas costumam recomendar de uma a três colheres de sopa (no máximo) da linhaça triturada por dia. Motivo: por ter muita gordura, ela não é magra (tem 60 calorias em cada colher de sopa). Além disso, carrega componentes que, em excesso, podem interferir na absorção dos nutrientes. Mas isso ainda está sendo estudado. 
Qual é melhor: marrom ou dourada? 
As duas têm o mesmo valor nutricional, segundo a nutricionista carioca Flávia Morais, da rede Mundo Verde. Só que a dourada (importada) tem um sabor mais suave e a casca menos rígida, o que aumenta a biodisponibilidade dos nutrientes (facilidade de absorção pelo organismo). Mas, bem triturada, a marrom (nacional) não fica atrás: consumida na forma de farinha, seus componentes também são bem aproveitados pelo organismo. E é mais barata. 
Por que é importante triturar a semente antes de comer? 
A linhaça tem uma casca muito dura para ser rompida com os dentes. Triturada no liquidificador, essa proteção é vencida e os nutrientes da semente ficam disponíveis. Você ainda pode deixá-la mergulhada na água de um dia para o outro. Fica molinha e fácil de ser quebrada. 
Dá para guardá-la já triturada? 
Sim. Mas, nesse caso, ela deve ser armazenada num vidro fechado e guardada na geladeira por até 15 dias – mais do que isso fica rançosa e inadequada para o consumo. 
Posso comprar a farinha pronta? 
Sim. Mas prefira a farinha estabilizada - processo que impede a oxidação da gordura da semente. 
A linhaça prende o intestino? 
Isso só acontece se você beber pouca água. Como todo alimento rico em
fibras, o consumo deve ser combinado a uma ingestão maior de líquido - no mínimo 2 litros por dia. 
A cápsula tem o mesmo efeito? 
Não. Ela concentra uma quantidade maior de ômega 3, mas não tem as fibras da semente - importantes no processo de emagrecimento. Por isso, é indicada principalmente para a redução do colesterol ou para melhorar a textura da pele. Sem contraindicação, pode ser consumida duas vezes ao dia, antes do almoço e do jantar. 
Esse alimento oferece risco? 
É raro, mas algumas pessoas podem ser alérgicas à proteína da semente e apresentar reações adversas como manchas na pele, falta de ar, inchaço nos olhos ou lábios. Por isso, o ideal é começar a consumir porções pequenas (1 colher de sobremesa, por exemplo) e observar a resposta do organismo. 

Poderes extras

Mais do que emagrecer, a linhaça faz bem à saúde e à pele. Veja do que ela é capaz. 
Hidratar a pele: após um mês comendo diariamente a semente triturada, 45 voluntárias de um estudo alemão, feito na Universidade de Dusseldorf, notaram a pele menos ressecada. Vermelhidão e escamação também diminuíram. Os pesquisadores associam esses efeitos à ação anti-inflamatória do ômega 3. 
Proteger o coração: a linhaça ainda carrega ômega 6, que, em harmonia com o ômega 3, reduz o mau colesterol, o LDL, responsável por estragos nas artérias. Mais: essa dupla tem poder antioxidante, que, junto com a vitamina E (também presente na semente), barra os radicais livres. 
Amenizar os sintomas da TPM: as lignanas combatem os sintomas (cólica, ansiedade) típicos da pré-menstruação. Esse fi toquímico também ajuda a restabelecer os níveis de estrogênio, hormônio feminino que cai drasticamente quando a mulher deixa de menstruar, diminuindo a capacidade de renovação das células.
fonte: M de Mulher
Na MultiNutri Alimentos Funcionais você encontra a Farinha de Linhaça Dourada, a Semente de Linhaça Dourada e o Óleo de Linhaça Dourada em cápsulas para você usar do jeito que preferir. Crie a sua receita e nos conte seus resultados.

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Quinoa Real - um super alimento

De onde vem a Quinoa

No Altiplano Boliviano, a 3.800 metros acima do nível do mar,o vento gelado,mesclado a pequenas particular de sal,é o primeiro sinal dado pelo Salar de Uyuni ao visitante. Este deserto com seus 12.500 Km.2, onde o frio no inverno chega a 30 graus negativos, é branco como a neve. Seu horizonte é tão nítido e sua atmosfera tão limpa que é possível ver claramente a curvatura terrestre desenhada no azul do céu.É neste lugar, Único no mundo, que nasce a QUINUA REAL (Quinoa), cereal sagrado dos Incas. Qualificada como o melhor alimento de origem vegetal para consumo humano, pela Academia de Ciências dos Estados Unidos e selecionada pela Nasa para integrar a dieta dos Astronautas em vôos espaciais de longa duração, por seu extraordinário valor nutritivo. Investigadores que vem estudando a QUINUA REAL, nas ultimas décadas,constataram, que seu valor nutritivo - só comparado ao leite materno - a converte no alimento mais completo do planeta, muito superior aos de origem animal, como a carne, o leite, os ovos e o peixe.

Cereal do Século XXI

As proteínas de que o corpo precisa são compostas de 20 aminoácidos diferentes. Você pode fazer alguns deles a partir de outros aminoácidos, mas existem aminoácidos que não podem ser fabricados pelo corpo e que devem fazer parte da sua dieta. Estes são chamados aminoácidos essenciais.A QUINUA REAL, com 23% de proteínas, possui um balanço de aminoácidos excepcionalmente atrativo para a nutrição humana devido aos seus altos níveis de lisina e metionina. Conta com 20 aminoácidos, dos quais os 10 essenciais (Histidina Isoleucina,, Leucina, Lisina, Metionina, Fenilalanina, Treonina, Triptofano,Valina e Arginina).

De acordo com os resultados de algumas experiências, demonstrou-se que estas proteínas são mais favoráveis ao crescimento que as contidas no leite.O valor mais alto (95) corresponde ao do ovo, o que significa que a cada 100g de proteínas ingeridas, 95 são assimilados.

Para a QUINUA REAL o índice de 75 é considerado alto se comparamos com a carne (60), o Leite (72), Trigo (60) e o Milho (44). Na QUINUA REAL, encontramos principalmente vitaminas A, B6, B1 e, em menores quantidades, as vitaminas E e C. Rica em certos minerais, como o ferro (9,5 mg/100 g de Quinua), fósforo (286 mg/100 g de Quinua) e Cálcio (112 mg/100 g). No que diz respeito aos glucídios (hidratos de carbono), estes apresentam um valor entre 67% a 74%, essencialmente na forma de amido. Estes valores fazem da QUINUA REAL um alimento que oferece uma elevada (347 Kcal por 100g) reserva energética.

A contribuição de proteína para o conteúdo de energia total da QUINUA REAL é 23%; 20% é de gordura e os restantes são de carboidratos. Sua qualidade nutricional é melhor que a da soja, com sais minerais e aminoácidos balanceados. Apesar de altamente protéicos, os grãos não possuem o glúten, proteína encontrada no trigo que impede muita gente alérgica de comer pão, macarrão ou biscoito. A OMS (Organização Mundial de Saúde) considera a QUINUA REAL como alimento único por seu altíssimo valor nutricional. "Se tivesse que escolher um alimento para sobreviver escolheria a QUINUA" Duane Johnson, Universidade do Colorado.

Valor Nutricional

TABELA NUTRICIONAL (100 Grs. de produto)

Aminoácidos (AA): Perfil de AA: %AA/100gr de proteínas:


AminoácidosQUINUATrigoLeite
Histidina *4.61.71.7
Isoleucina *7.03.34.8
Leucina *7.35.87.3
Lisina*8.42.25.6
Metionina*5.52.12.1
Fenilalanina*5.34.23.7
Treonina*5.72.73.1
Triptofano*1.21.01.0
Valina*7.63.64.7
Ácido Aspártico8.6--
Ácido Glutámico16.2--
Cisterina7.0--
Serina4.8--
Tirosina6.7--
Argina*7.43.62.8
Prolina3.5--
Alanina4.73.73.3
Glicina5.23.92.0
* Aminoácidos essenciais

VITAMINAS PERFIL EM 100 gr.

  • Vitamina B1 - 30 mg
  • Vitamina B2 - 28 mg
  • Vitamina B3 - 7 mg
  • Vitamina C - 3 mg
  • Vitamina E - 4,1 mg

COMPARATIVO COM OUTROS ALIMENTOS

ComponenteQUINUAArrozMilhoTrigoAveiaCenteioCevada
Cálcio mg/g66.6023.00150.0043.7088.0054.0038.00
Fósforo mg/g408.30325.00256.00406.00253.00323.00376.00
Magnésio mg/g204.20157.00120.00147.000.000.000.00
Potássio mg/g1040.00150.00330.00502.000.000.000.00
Ferro mg/g10.902.600.003.305.305.803.70
Manganês mg/g2.211.100.483.400.000.000.00
Zinco mg/g7.470.002.504.100.000.000.00
Umidade %9.8010.2512.2811.3412.3012.7012.60
Cinza g/100g4.730.601.481.462.602.401.20
Proteína g/100g14.167.6910.6711.728.2010.409.50
Fibra g/100g5.100.051.682.658.703.401.70
Gordura g/100g5.732.204.302.085.601.201.60
Carboidrato g/100g59.8581.3069.5870.7562.6068.9073.80

Onde encontrar

Na MultiNutri - Alimentos Funcionais, você encontra a legítima Quinoa Real, importada dos Altiplanos Bolivianos diretamente para o Brasil. Temos a Quinoa Real em Grãos e em Flocos, acesso nosso site e confira.


quinta-feira, 26 de março de 2015

Sal do Himalaia ou Sal Rosa

Você já ouviu falar sobre o incrível cristal de sal que vem diretamente das montanhas do Himalaia? É embalado com alguns benefícios bastante surpreendentes e é um novo ingrediente surpreendente para adicionar a sua despensa. É uma alternativa absolutamente maravilhosa ao sal de mesa, e logo explicarei o porquê.
A história
Primeiro de tudo, o que faz o sal de cristal do Himalaia ser tão incrível? Cerca de 200 milhões de anos atrás, havia camas cristalizadas de sal que foram cobertas com lava. 


Sendo mantidas nesse ambiente intocado e imaculado que foi cercado por neve e gelo durante tantos anos significa que o sal foi protegido da poluição moderna. Muitas pessoas acreditam que este sal rosa é o mais puro sal que pode ser encontrado no planeta.
Minerais e energia
O sal do Himalaia contém os mesmos 84 minerais e elementos que são encontrados no corpo humano, que por si só é bastante impressionante! Alguns destes minerais incluem: o cloreto de sódio, sulfato de cálcio, potássio e magnésio. Ao utilizar este sal, na verdade você está recebendo menos ingestão de sódio por porção do que o sal de mesa regular, porque é menos refinado e as peças são maiores. Portanto o sal do Himalaia tem menos sódio por porção, porque os cristais ou flocos ocupam menos espaço do que o sal de mesa que é uma variedade altamente processada. Outra coisa legal sobre este sal é que por causa de sua estrutura celular ele armazena energia vibracional. Os minerais deste sal existem na forma coloidal, o que significa que eles são pequenos o suficiente para as nossas células para os absorver facilmente.
Quais são exatamente os benefícios?
Alguns dos benefícios que você pode esperar por consumir este sal no lugar do sal de mesa regular incluem:
  • Auxilia na saúde vascular;
  • Ajuda pulmões saudáveis e função respiratória;
  • Promove o equilíbrio do pH estável dentro das células;
  • Reduz os sinais de envelhecimento;
  • Promove padrões de sono saudável;
  • Aumenta a libido;
  • Previne cãibras musculares;
  • Aumenta a hidratação;
  • Fortalece os ossos;
  • Reduz a pressão arterial;
  • Melhora a circulação;
  • Desintoxica o corpo de metais pesados.

Comparando o sal do Himalaia com outros sais
Sal marinho
Enquanto ainda é uma escolha melhor do que o sal de cozinha ou mesa, o sal marinho está se tornando cada vez mais processado e admitamos, nossos oceanos estão se tornando cada vez mais poluídos a cada ano, apenas pense sobre os enormes vazamentos de óleos que ocorreram. Devido às condições originais de que o sal rosa é mantido, diz-se ser o mais puro sal disponível hoje.
Sal de mesa
Regularmente, do sal de mesa comercial é completamente retirada a maioria dos seus minérios com a exceção de sódio e cloreto. Ele é, em seguida, branqueado, limpo com produtos químicos e, em seguida, aquecido à temperaturas extremamente altas. O iodo que é adicionado ao sal de mesa é quase sempre sintético que é difícil para os nossos corpos absorver corretamente. Depois ele é tratado com agentes anti-aglomerantes, impedindo que o sal se dissolva no depósito. Estes agentes, em seguida, evitam que o sal seja absorvido em nossos próprios corpos, o que leva a uma acumulação e depósito dentro dos órgãos. Isso pode causar problemas de saúde graves. Estudos têm mostrado que, para cada grama de sal de mesa consumida e que o corpo não pode processar, ele vai utilizar 20 VEZES a quantidade de água celular para neutralizar a quantidade de cloreto de sódio, que está presente no sal tratado quimicamente.
Esta é em parte parte, a causa do porquê da má reputação do sal. Não é necessariamente o sal que não é saudável para nós, mas o  processo de refinamento dele que não é saudável. Afora isso, muitos de nós consumimos muitas comidas processadas. Estes alimentos contêm quantidades astronômicas de sal, e não do tipo bom. Não se trata de limitar o nosso consumo de sal, e sim consumir mais alimentos naturais, caseiros e integrais. Desta forma, optamos por qualidade. 

Acesso nosso site: www.multinutri.com.br e adquira o seu!

Fontes:  
http://fitlife.tv/10-amazing-benefits-of-pink-himalayan-salt/
http://www.globalhealingcenter.com/natural-health/himalayan-crystal-salt-benefits/
http://www.himalayanlivingsalt.com/salt_facts.htm
http://authoritynutrition.com/how-much-sodium-per-day/

quinta-feira, 12 de março de 2015

Qual a melhor Banana para quem está de Dieta?

Olá amigos! Hoje recebi um mimo da cliente Maria Luiza Ferraz, uma bananinha pequena, muito perfumada e muito doce chamada banana ouro.
Então resolvi pesquisar artigos para ver qual a melhor banana para quem quer fazer ou está de dieta. Descobri coisas bem interessantes sobre as propriedades da banana que vou compartilhar agora com vocês, vale a pena conferir!

Calorias da banana
Entre os principais tipos de banana estão a nanica, prata, maçã, ouro e banana-da-terra. A nutricionista Paola Moreira compara levando em consideração 100 g de cada alimento.
Créditos: Thinkstock
Banana-da-terra - 128 calorias e 1,5 g de fibras.
Banana ouro - 112 calorias e 2 g de fibras.
Banana prata - 98 calorias e 2 g de fibras.
Banana nanica - 92 calorias e 1,9 g de fibras.
Banana maçã - 87 calorias e 2,6 g de fibras.

Melhor banana para emagrecer

Levando em conta as calorias e a quantidade de fibra alimentar presente em cada tipo de banana, é possível identificar a banana maçã como a melhor para a dieta. A indicação da profissional é para investir na fruta com moderação nos intervalos das refeições, para promover sensação de saciedade e evitar a fome. É possível consumir em vitaminas ou amassada com aveia.
Outra boa opção para quem está de dieta é consumir a banana ainda verde, que possui maior quantidade de amido resistente, que é fermentado no intestino grosso e favorece a saúde e o bom funcionamento do órgão. O consumo regular da farinha ou biomassa de banana verde tira a fome, diminui o acúmulo de gordura corporal e auxilia a prevenção de doenças do coração.
Créditos: Thinkstock

Benefícios

Apesar de conter um valor calórico relativamente alto, a banana traz inúmeros benefícios à saúde e ao corpo. É considerada um superalimento por ser rica em carboidratos, vitaminas, minerais e outros nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo. Tem grande concentração de potássio, magnésio, ferro, vitaminas A, C e do complexo B, além de fibra alimentar e compostos fenólicos.
Entre os benefícios da banana, independente do tipo, a fruta previne o envelhecimento precoce, fornece energia para prática de atividades físicas, evita a fadiga muscular durante o treino, dá sensação de prazer e bem-estar, melhora a insônia, auxilia na redução do estresse e da irritabilidade e alivia a tensão pré-menstrual, regula o intestino e o sistema circulatório, equilibra as funções cerebrais e protege os ossos.
A Farinha de Banana Verde ou Biomassa você encontra na MultiNutri - Alimentos Funcionais.