segunda-feira, 31 de julho de 2017

Chocolate quente proteico


Com o friozinho não bate aquela vontade de tomar um delicioso chocolate quente? 
No início da manhã ou ao final de um dia cansativo, por que não terminar o dia degustando essa delícia? Ainda mais se for proteico! Uma bebida quente e livre de culpas na próxima vez que subir na balança sempre é bem vinda, não é mesmo?
Então, trouxemos para vocês essa receita simples de se preparar que contém apenas 90 calorias em 100mL.
Vamos lá!
 INGREDIENTES
  • 2 scoops de Pure Whey Mix Nutri sabor chocolate com avelã;
  • 2 colheres de leite em pó desnatado;
  • 250mL de água filtrada
  • Canela a gosto.


 MODO DE PREPARO
  • Bate todos os Ingredientes no liquidificador;
  • Coloque em uma xícara;
  • Aqueça no microondas por 1 minuto a temperatura média de 38°C;
  • Decore com a canela.
Bom apetite!!!


Essa é uma maneira especial de aprimorar um alimento e fazer o mesmo se tornar mais nutritivo para ser adicionado as suas refeições. Lembre-se de realizar uma alimentação balanceada todos os dias para que o chocolate não faça você sair da dieta.



E aí, o que achou? Deixe seu relato nos comentários, sua experiência pode ajudar outras pessoas!


Beatriz Gonçalves
CRN-3 44.926

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Alimentação e Suplementação

Alimentação e Suplementação

Alimentação

A alimentação é o processo pelo qual os organismos obtêm e assimilam alimentos ou nutrientes para funções vitais. Por isso comer é importante e essencial.
Entretanto existem vários transtornos alimentares que colocam a alimentação como inimigo, um desses transtornos é a anorexia, na qual o indivíduo para de comer de forma radical.

alimentação e suplementaçãoO número de pessoas com distúrbios alimentares tem aumentado, tal fato ocorre devido a uma sociedade estressada, que impõe um padrão de beleza onde o corpo deve ser perfeito, mas ao mesmo tempo essa mesma sociedade nos bombardeia com comidas industrializadas.

Se você quer seguir uma dieta legal para você, consulte um nutricionista. E se uma vez ou outra você fugir da sua rotina, se acalme, não vai ser uma pizza fora de hora que vai te deixar 5kg há mais ou com problemas de saúde.

Para quem está começando a treinar e para quem já é ativo há certo tempo, fica umas dicas:
  • Não treine sem se alimentar antes. Isso não vai ajudar a emagrecer, além de consumir proteínas como fonte de energia, perdendo consequentemente músculo, você terá um péssimo desempenho e poderá passar mal.
  • Sua alimentação vai depender da sua rotina, o organismo e objetivo de cada um. Cuidado com dietas milagrosas da internet ou usar a dieta do amigo só porque funcionou com ele.
  • O profissional qualificado para prescrever dietas, é o nutricionista.

Suplementação

O suplemento tem a função de suprir substâncias em falta ou aumentar alguma substância no seu organismo, onde ficaria inviável adquirir apenas com a alimentação. Dessa forma o corpo terá nutrientes necessários para uma melhor recuperação, desempenho ou evolução.

Suplemento não tem nada a ver com anabolizante.

Existem vários tipos de produtos no mercado, cada um com uma função diferente. Substâncias como vitaminas, aminoácidos e carboidratos terão efeitos diferentes no organismo, assim sendo não é qualquer suplemento que se pode ingerir, o treino e o esporte em que você se encontra vai regular a sua suplementação. Cuidado com indicações na hora de comprar.
alimentação e suplementação
Suplementos inicialmente foram criados para aumentar a performance dos atletas, onde a alimentação não é suficiente para cobrir todos os gastos energéticos com treinos e competições.

Porém cada esporte exige do corpo de formas diferentes, necessitando assim de substâncias diferente. Uma pessoa que corre uma maratona vai necessitar muito mais de carboidratos comparado com um halterofilista, por exemplo.  Dessa forma, a base de sua suplementação tem que ser de carboidrato.

Alimentação e Suplementação – quando um precisa do outro?

Nos dias corridos e estressantes acabamos ficando muito tempo sem comer ou comendo alimentos industrializados e que quase sempre não irão suprir nossas necessidades de vitaminas e proteínas, por exemplo.
Dessa forma o suplemento pode te ajudar a ter uma evolução e um melhor rendimento nos seus treinos.

Lembrando que a suplementação não substitui a alimentação.

Suplementos viraram sinônimo de resultado, assim dessa forma, hoje em dia mais e mais pessoas procuram produtos que melhorem seu rendimento nos treinos. A indústria já percebeu isso e cada vez lança mais produtos “milagrosos”.

Algumas empresas investem mais em propaganda do que em pesquisa, iludindo o consumidor, cuidado com o que você compra.
Existe ainda um certo senso comum de que suplementos fazem mal, são bombas e podem matar.

Nenhuma dessas informações são verídicas, o que prejudica  o organismo é o excesso, e isso que pode fazer mal, aliás tudo em excesso faz mal, portanto saiba o que tomar e quando tomar que os benefícios aparecerão.


Esse assunto me deu até fome, então vamos lá se energize, compartilhe e…
Bom treino!


Beatriz Gonçalves
CRN-3 44.926


segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Alimentos que previnem o câncer


Nos últimos anos, diversas pesquisas, mostraram que uma alimentação equilibrada influência na saúde e qualidade de vida, sobretudo, associações entre alguns alimentos e menor risco do desenvolvimento de doenças, como por exemplo o câncer, doença que mais mata no Brasil e no mundo, principalmente o câncer de mama, próstata e pulmão.

Um estudo publicado na edição de dezembro de 2011 do British Journal of Cancer apontou que 45% dos casos de câncer em homens e 40% dos casos de câncer em mulheres poderiam ser evitados com a adoção de hábitos de vida saudáveis, dentre esses hábitos, um que se destaca é a alimentação.

Uma dieta equilibrada previne não só o desenvolvimento de um câncer, mas de outras inúmeras enfermidades. Alimentos, como as frutas, verduras e cereais integrais, tem efeito protetor, quando consumidos regularmente, devido aos antioxidantes que protegem as células do organismo ajudando a combater e a evitar o aparecimento de câncer.


Confira alguns alimentos, que são grandes aliados na prevenção do câncer.

  • Alho e cebola
Auxiliam na eliminação de toxinas que favorecem o desenvolvimento de doenças degenerativas, como o câncer. Estudos publicados aponta o consumo desses alimentos para redução do risco de câncer de intestino e pâncreas.

  • Tomate
Riquíssimo em licopeno, o tomate tem intenso efeito contra o câncer, inibindo a proliferação de células cancerígenas, sobretudo o câncer de próstata, como ainda o de pâncreas e pulmão. O licopeno é melhor absorvido se aquecido, por isso opte por tomates assados ou cozidos.

  • Cenoura
A cenoura contém uma substância chamada carotenoide, atuante no combate a radicais livres que, quando em excesso, levam a mutações celulares capazes de originar um câncer. Tal ação se mostra eficaz principalmente na prevenção do câncer de mama.

  • Brócolis e couve flor
São excelentes aliados na prevenção do câncer de mama, estômago, intestino, graças a diversos compostos, como exemplo o fitoquímico sulforafano, que têm a capacidade de destruir células cancerígenas e deixar as demais intactas.

  • Uva
Rica em antioxidante, previne que a doença surja, sua composição de polifenóis previne contra o câncer de pulmão. A casca da fruta também é fonte de fibra, que previne o câncer de intestino. Para prevenção do câncer, entretanto, não é recomendado obter o nutriente bebendo vinho, pois o álcool pode anular os efeitos anticancerígenos do alimento.

  • Frutas vermelhas
Como a framboesa e a amora, são ricas em antocianinas, fitonutriente que retardam o crescimento de células pré-malignas e evitam a formação de novos vasos sanguíneos que poderiam estimular o crescimento de um tumor. O consumo desses alimentos reduzi o risco de desenvolver câncer de boca, mama, cólon e de próstata.

  • Abacate
Oferece muitos benefícios à saúde, rico em ácido graxos monoinsaturados e em vitaminas do grupo B, essenciais no combate ao câncer. A fruta é uma aliada principalmente no combate ao câncer de boca. A melhor forma de consumi-lo é in natura, como em saladas ou amassado/picado no prato, mas sem açúcar.

  • Gengibre
A substância que dá sabor ao gengibre é a responsável por sua ação antioxidante. Trata-se do gingerol, que diminui a velocidade de crescimento de tumores, em especial o de ovários. O ideal é consumir o caule fresco para não perder o seu alto teor de vitamina C, que auxilia no combate a outras doenças.

  • Cereais
Fontes essenciais de fibras insolúveis, protegem o intestino grosso, pois facilitam a digestão e o funcionamento do órgão. Ainda são fontes de vitaminas, minerais e ácidos essenciais para o organismo. A melhor maneira de consumir os cereais é optando pelas versões integrais de pães e massas, além de incluir aveia, linhaça, gergelim e outros alimentos desse tipo nas refeições. Mas atenção! Os cereais só levam esses benefícios se a dieta for rica no consumo de água.

  • Chá Verde

Contém antioxidantes chamados catequinas, que podem ajudar a prevenir o câncer em uma grande variedade de maneiras, incluindo na eliminação dos radicais livres que são células prejudiciais. Além disso, estudos de laboratório descobriram que catequinas no chá pode encolher tumores e reduzir o crescimento de células tumorais.

A luta contra o câncer começa com a prevenção. Por isso tenha uma alimentação equilibrada e saudável, tome bastante água e pratique exercícios físicos diariamente. 

Beatriz Gonçalves
CRN-3 44.926/P

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Whey Protein engorda?

O Whey Protein ajuda no ganho de massa muscular - Foto: Getty Images
Whey Protein é uma proteína extraída do soro do leite com alto valor biológico e de rápida absorção.




É extremamente importante que você tenha a consciência de que, qualquer suplemento de ganho de massa muscular engorda se não consumido corretamente.
Com o Whey Protein não é diferente. Apesar de sua função ser a reposição de proteínas e fibras constituintes da massa muscular, quando não se consome o produto em uma dieta específica e sem um programa de treinamento, o que deveria fazê-lo emagrecer, irá ter o efeito contrário.


Pode-se dizer que Whey Protein serve tanto pode engordar, como auxiliar no emagrecimento, já que foi feita para o ganho de massa magra. Isso vai depender justamente da dose consumida, do treino e queima calórica e da dieta que você possui.
Há pessoas que compram o produto achando que por si só estarão emagrecendo com o suplemento. Se você interromper o seu programa de exercícios ou não fazê-los, ou ainda não ter o devido cuidado com a dieta, terá um efeito desastroso com Whey Protein.

Como tomar Whey Protein?

Para aproveitar todos os benefícios do Whey, é preciso consumir da forma certa. Como a proteína é um macronutriente construtor que auxilia na recuperação muscular, deve ser consumida depois da atividade física. O Whey pode substituir um lanche intermediário, pois favorece a sensação de saciedade, mas não deve ser usado como pré-treino. Para ganhar massa e perder gordura, é indicado consumir o Whey com água. Se a gordura não for problema e a ideia é apenas ganhar massa, pode acrescentar no suco de frutas ou na água misturada a um carboidrato simples, como maltodextrina.

Vale ressaltar que, para introduzir o suplemento na dieta, é fundamental procurar a ajuda de um profissional. Apenas um Nutricionista pode indicar o melhor produto e as quantidades de acordo com as suas necessidades nutricionais.

Tipos de Whey Protein



Whey Protein Concentradopassa por filtragens simples, por isso suas fórmulas geralmente possuem um pouco de gordura e lactose. Sua absorção é mais lenta, pois com este tipo de filtragem a estrutura da proteína se mantém intacta, passando pelo processo natural de digestão. É recomendada para quem está em dieta de redução calórica e foco em ganho de massa muscular.










Whey Protein Isolado - concentra 90% de proteína em sua composição chegando 100% de pureza. Para se obter esse tipo de proteína, o soro é passado por processos mais rígidos de filtração, onde é eliminado gorduras, lactose e carboidrato, aumentando assim o nível de proteína. É considerada uma proteína completa, auxilia na definição e na construção muscular.






Whey Protein Hidrolisado - passa pelo processo mais complexo de filtragem, onde as moléculas de proteína do soro do leite são quebradas através de hidrólise, um processo similar ao processo digestivo, disponibilizando aminoácidos, e tornando a digestão e absorção ainda mais rápidas.








Whey Protein Feminino com Colágeno não é indicado somente para mulheres de todas as idades como também para homens, por conter proteínas de rápida digestão e colágeno na dose certa para suprir as necessidades diárias, proteína esta que contribui para a sustentação e firmeza da pele, unha, cabelos, tendões, ligamentos e juntas.



Enfim, Whey Protein engorda?
Tudo é uma questão de bom senso e lógica. Sabendo consumir no momento certo, Whey Protein será a sua melhor aliada no ganho de massa magra. Tomando o suplemento de modo compulsório e sem controle, irá engordar, sim!

Lembre-se que não é o suplemento em si que que faz você ter bons resultados: é a sua força de vontade, comprometimento com o seu treino e com os seus horários e o foco em sua própria meta.


Beatriz Gonçalves
CRN-3 44.926/P

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Top frutas da primavera

Uma nova estação está chegando e com ela novas frutas vão surgindo.

Vocês sabiam que as frutas e legumes da época tendem a ser mais nutritivos? Além disso, não tem nada melhor do que comer uma fruta fresquinha. E tem mais: são mais fáceis de achar, refletindo diretamente no preço.

Separei uma lista com as frutas da primavera, pra gente fazer a escolha certa!



Acerola
Tem efeito anti-inflamatório e protetor do organismo, por conta de sua riqueza em vitaminas C e A, B1 e B2, cálcio, fósforo e ferro.



Abacaxi
Excelente fonte de carboidratos e fibras alimentares, é rico em vitamina A, C e B1 e magnésio, zinco, fósforo, cálcio, ferro e sódio.


Banana
Reduz a pressão arterial, o estresse e a depressão e melhora a saúde ocular. Fonte de fibras, betacaroteno, vitamina C e potássio. Super energética e excelente para quem pratica exercícios.





Caju
Fortalece o sistema imunológico, pois é rico em selênio e compostos fenólicos. Fica perfeito em forma de sucos. 



Jabuticaba
Previne o glaucoma, protege o coração do colesterol ruim e ainda tem efeito antioxidante. Possui vitaminas do complexo B, cálcio, fósforo, ferro e antocianinas. 




Kiwi
Evita o envelhecimento precoce das células, pois é riquíssimo em vitamina C.



Mamão
Ajuda na digestão e protege o estômago, por conter papaína.






Maracujá
Contém antioxidantes que protegem contra o câncer, envelhecimento precoce e inflamação. Rico em potássio, fibras, flavonoides e vitaminas C e B.



Ameixa
Tem ação antiviral e antibacteriana, pois é fonte de fibra, potássio, ferro, vitaminas A e E e do complexo B. Pode ser consumida pura, em sucos e bolos.



O consumo dessas frutas pode ser em sua forma natural, em forma de sucos, smoothies, vitaminas, geleias ou ainda misturadas com grãos e saladas. Todas as opções são uma delícia! Sou suspeita em falar, pois AMO frutas. Ainda mais se as encontro em qualidade e em quantidade, como acontece na época de sua safra.
E aí, curtiram? Me contem quais destas frutas da primavera vocês mais amam!


Beatriz Gonçalves
CRN-3 44.926/P

Novidade na MultiNutri

Olá, pessoal!

Sou Beatriz Gonçalves, nutricionista e apaixonada pela profissão que escolhi e exerço com todo o carinho e dedicação.

Agora faço parte da equipe aqui da MultiNutri e estou feliz por compartilhar informações sobre nutrição, boa forma e qualidade de vida

Espero que vocês gostem e sintam prazer em cuidar da alimentação e saúde.

Conto com as suas sugestões, dicas e comentários para que o blog fique repleto de novidades e informações!


Beatriz Gonçalves
CRN-3 44.926/P

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

A qualidade do que comemos não determina só a nossa saúde física, mas também a mental

  Uma alimentação rica em gordura, açúcar e comidas processadas aumenta os níveis de ansiedade e de depressão. Estes alimentos só melhoram temporariamente o humor mas depois criam um ciclo de "auto-medicação" com comida pouco nutritiva. O Huffington Post convidou Marlynn Wei, psiquiatra licenciada por Harvard e professora certificada de ioga, para fazer uma lista de alimentos que ajudam a combater a depressão e a melhorar a actividade cerebral.

1. Verduras
A couve e a couve-chinesa (bok choy) contêm ácido fólico, cálcio, magnésio, e vitamina K. O ácido fólico tem sido usado como um suplemento para melhorar a depressão. As verduras possuem também compostos que ajudam o fígado a processar melhor as toxinas. A especialista sugere uma receita para um smoothie verde: uma chávena de couve, meia chávena de espinafres baby, uma banana congelada, um quarto de chávena de mirtilos, uma chávenas de leite de soja ou de amêndoa, um quarto de colher de chá de mel (opcional), e uma colher de chá rasa de manteiga de amêndoa (opcional).


2. Mexilhões e ostras
As ostras e o marisco têm altos níveis de vitamina B12, que é muito importante para os neurotransmissores no cérebro e nos nervos, e cuja ausência podem causar depressão e ansiedade. Encontra-se sobretudo na carne, nos lacticínios e nos ovos. E em suplementos.




3. Peixe e óleo de peixeHá estudos que indicam que o consume elevado de peixe reduz a depressão. Talvez isto se deva ao facto de o peixe ser uma boa fonte de ácidos gordos ómega-3. No caso do consumo de suplementos anti-depressão, os estudos aconselham a ingestão de 1 a 2 gramas diários, de mais ácido eicosapentaenóico (EPA) do que ácido docosahexaenóico (DHA). As grávidas devem ter cuidado com o peixe que comem, para evitar envenenamento por mercúrio (a evitar tubarão, peixe-espada e cavala).


4. Nozes, amêndoas, avelãs
Os frutos secos são uma boa fonte de vitamina E. Um estudo descobriu que a dieta Mediterrânica, com um suplemento de 30 gramas diários de mistura de frutos secos, diminui a depressão.




5. Mirtilos e outras bagas
As bagas, especialmente os mirtilos, protegem o cérebro. Num estudo, ingerir duas porções de mirtilos por semana foi relacionado com uma diminuição do risco de Alzheimer em 35 por cento.





6. Lentilhas, grão-de-bico e feijões
Estes legumes contêm elevados níveis de ácido fólico e de zinco, que são usados, como suplemento, no tratamento da depressão. Para os vegetarianos é importante a ingestão de zinco, já que a absorção deste é reduzida em 50% pelos fitatos que se encontram nas plantas.



7. Chocolate negro e cacau cru
O chocolate negro e o cacau cru (pó dos grãos de cacau antes de serem torrados) contêm polifenóis, um tipo de antioxidante que se encontra nas plantas e que acalma e provoca felicidade. Marlynn Wei sugere uma receita de um smoothie substituto de sobremesa: uma banana congelada, duas colheres de sopa de pó de cacau cru, seis a oito tâmaras, 3 chávenas de água (ou leite de soja ou de amêndoa), e colher de chá de alga Dulse, meia colher de chá de curcuma em pó (opcional).


8. Semente de abóbora
Um quarto de chávena de sementes de abóbora contém quase metade da dose diária recomendada de magnésio, um mineral essencial mineral contra a depressão e a ansiedade. As sementes de abóbora também contêm zinco, ácidos gordos ómega-3 à base de plantas, e triptofano, que ajuda a dormir.



9. Alimentos fermentados e probióticos
Está a ser estudada a ligação entre as bactérias digestivas e o nosso humor. Os alimentos fermentados, como o kimchi coreano (na foto) e o chucrute contêm probióticos, o que se julga que reduz a ansiedade social. Os ratos que consomem probióticos comportam-se como se estivessem a tomar Prozac. Os suplementos de pó probiótico têm demonstrado reduzir os pensamentos negativos durante fases de mau humor.


10. Curcuma
O ingrediente activo na curcuma é a curcumina, um composto anti-inflamatório que se acredita que torna os antidepressivos mais eficazes. Pode ser adicionada ao chá ou aos pratos diários como o chili e os molhos de massa.